Dicas poderosas para turbinar seu currículo de professor e passar à frente dos concorrentes

Atualizado: 31 de jan.



Não é novidade para os professores do ensino básico que o cenário educacional mudou, e assim, as formas de ensino-aprendizagem precisaram se adaptar à nova realidade.


Dentro de um contexto no qual a sua profissão é extremamente desvalorizada, é necessário criar impulso para conseguir crescer na carreira e se destacar dentro de uma instituição, caso não queira ficar para trás dos concorrentes e perder grandes oportunidades de emprego.


E nesse ponto você já deve saber que é indispensável ter um bom currículo para chamar a atenção do RH da instituição que você deseja trabalhar. Mas você sabe, de fato, como construir um bom produto e quais diferenciais são importantes?


Existem várias formas de enriquecer sua carreira profissional que surgiram junto com a necessidade de inovação dentro das salas de aula, com a adaptação do mercado e com a consequente preferência por profissionais que possuem conhecimento em capacitações tecnológicas.


Se quer descobrir quais são as melhores estratégias para turbinar seu currículo e se tornar a primeira opção do RH da escola dos seus sonhos, continue a leitura!


gif

Invista em tecnologia e utilize a gamificação


Sabe aquele momento chato quando o aluno pega o celular no meio da aula e deixa de prestar atenção na explicação? Entendemos que essa é uma situação frustrante para a maioria dos educadores.


E se dissermos que os celulares entre outras ferramentas podem ser bons aliados no seu planejamento de aulas? Acredite, você pode fazer as pazes com esses dispositivos móveis e nós vamos te mostrar como!


Hoje em dia, existem diversas ferramentas de ensino que são métodos indispensáveis caso você queira se destacar dentro da sua escola ou levar qualificação profissional para seu próximo emprego, e uma delas é a gamificação. Nesse contexto, o aluno aprende ao mesmo tempo que desenvolve autonomia sobre o seu aprendizado.


E o melhor de tudo é que existem produtos de gamificação que não necessitam de conhecimento específico sobre tecnologias para que sejam utilizados, pois são práticos e fáceis de manusear.


Um exemplo são os jogos educacionais, que participam ativamente do processo de aprendizagem do aluno, dentro e fora das salas de aula, com autonomia e interatividade. Além disso, os pais, professores e gestores das escolas possuem total controle sobre o conteúdo e o tempo de uso. Incrível, né?


Esse é um método de colaboração que tira um peso das costas de qualquer educador, pois além de ser fácil de utilizar, mantém o aluno atento ao conteúdo e permite que o professor alinhe os métodos propostos no seu planejamento.


Por meio dele, é possível estabelecer os conteúdos, o tempo de uso, o desempenho dos alunos e outras utilidades importantes. Coloque em seu currículo que você utiliza essas ferramentas e terá garantido as melhores oportunidades de emprego!


Então, se você deseja ter alunos engajados e com autonomia sobre seu próprio aprendizado, ao mesmo tempo que deseja possuir um aliado no seu planejamento de ensino e controle sobre o conteúdo e tempo do aplicativo, chegou a hora de agir!




Gamificação na educação e sua projeção de carreira: o que um tem a ver com o outro?


Já falamos sobre a importância de utilizar a tecnologia no seu planejamento de conteúdo e como esta é uma ferramenta incrível no processo de aprendizagem do aluno.


Além disso, você sem dúvidas sabe que, em muitos momentos da sua carreira, o professor não é bem remunerado. Mas já parou para pensar que o problema pode estar no fato de que você não investe em bons diferenciais e qualificações importantes?


Hoje em dia, o professor que possui conhecimento sobre jogos educacionais está muito à frente de quem acredita que a antiga forma de ensino ainda funciona em um cenário onde a tecnologia predomina. Se você se identifica com o segundo caso, cuidado, pois pode perder grandes oportunidades!


Uma vaga de emprego disputada, daquelas que você sonha garantir desde seu primeiro dia na faculdade, sempre terá preferência por aqueles profissionais que estão de olho no futuro e por dentro das inovações.


O futuro da educação está sendo construído hoje, e se você não se planejar, pode ficar para trás. Por isso, aposte na gamificação para te auxiliar no processo de ensino-aprendizagem do aluno e leve essa inovação para a sua escola!



gif


Agora que você conheceu um diferencial extremamente importante para sua carreira de professor, vamos juntos aprender como estruturar um bom currículo que irá te garantir a atenção do RH de grandes instituições educacionais!


Como construir um bom currículo


Para que seu currículo seja adequado para o local onde você deseja trabalhar, é necessário que você tenha atenção em alguns tópicos que irão te ajudar a produzir um bom documento.


Depois de se informar acerca de todos os pré-requisitos da vaga, você pode discorrer sobre as suas bagagens que melhor se adaptam ao trabalho em questão. Cada instituição ou vaga possui diferentes aspectos requisitados no momento da contratação, e por isso, é válido adaptar seu currículo para cada uma delas.


Assim, vamos conversar sobre pontos importantes que devem ser apresentados ao setor de contratação da escola.


1. Dados pessoais


Suas informações pessoais devem ser concisas, sem muitas delongas, listando apenas os pontos fundamentais. Aqui falamos o nome completo, idade, número para contato, endereço residencial e de e-mail. Lembre-se de usar um e-mail profissional que contenha nome e sobrenome e nada de apelido!



2. Objetivos


É importante que você adapte seus objetivos para cada vaga que deseja se candidatar e tenha claro em sua mente quais são eles. Para isso, indique o objetivo e a oportunidade de trabalho que pretende alcançar naquela vaga.


Por exemplo, se deseja se candidatar para uma vaga de professor do ensino básico, é interessante estabelecer que está disposta a fazer um trabalho competente para que o aprendizado do aluno seja o mais eficiente possível levando em conta todas as suas habilidades e recursos que pode oferecer com o seu trabalho.



3. Habilidades e Competências


É hora de apresentar as habilidades e competências para a função que busca. Nesse ponto, apresente os aspectos em que se destaca e os domínios que possui. Você se considera uma pessoa organizada? Sabe administrar bem as planilhas do Excel e recursos do Google? Esses domínios específicos são tópicos importantes que valorizam seu currículo.


Vamos imaginar uma vaga de emprego no ensino básico de uma escola particular durante o ensino híbrido. Aqui, é interessante destacar que você possui habilidades tecnológicas que irão auxiliar no aprendizado das crianças durante as aulas, ou outros recursos mais avançados que são diferenciais importantes.


E atenção: um aspecto muito valorizado no momento de uma contratação escolar é a habilidade com a comunicação.


Você é um facilitador de trabalho em equipe? Sabe sobre a importância de se estabelecer um bom diálogo com seus colegas de trabalho? É importante desenvolver essa competência para ter uma maior possibilidade de contratação.


Se você possui facilidade com liderança, trabalho sob pressão, oratória e outros temas adequados à vaga, também é importante que os ressalte nesse ponto.



4. Formação


Esse é o espaço onde você irá adicionar as suas experiências educacionais. Dentro disso estão os cursos técnicos, as graduações, as especializações, os mestrados, doutorado, cursos de extensão e outros que julgar importantes.


Estabeleça a seguinte estrutura: informe sua formação mais recente até chegar na mais antiga. Se você já é formado, a informação sobre o ensino médio não é necessária.


Caso tenha feito muitas especializações, é interessante informar apenas aqueles que são importantes para a vaga que está se candidatando.


Além disso, tenha em mente a seguinte estrutura: nome da instituição de ensino > curso > ano de conclusão ou previsão de conclusão. Isso irá te ajudar na organização das informações!


Idiomas


O domínio em idiomas sempre é um grande diferencial no momento das contratações, aumentando suas chances de garantir a vaga que tanto deseja, além de elevar o seu salário.


De acordo com uma pesquisa salarial desenvolvida pela Catho, uma empresa de tecnologia especializada em currículos, profissionais fluentes em inglês chegam a ganhar até 70% a mais do que pessoas sem conhecimento do idioma.


Por isso, é interessante investir em aulas de inglês, espanhol ou alguma outra língua do seu interesse.



5. Experiência


Esse é um dos tópicos que merece mais atenção. Aqui, você irá listar suas experiências de trabalho e os locais também em formato inverso: do mais recente ao mais antigo.


Caso não haja muita informação para adicionar, insira suas experiências em atividades de estágios, monitorias e trabalhos voluntários, pois também são conhecimentos importantes.


E se você possui conquistas alcançadas em cada um desses empregos, esse é o momento de exaltar seus triunfos. Ao descrever esses acontecimentos você irá agregar muito valor no seu currículo!



6. Informações adicionais


Esse não é um tópico obrigatório, no entanto, pode ser uma boa estratégia se você possui e deseja inserir algumas informações adicionais.



E quais informações adicionais são interessantes em um currículo de professor?


Aqui, você irá descrever as palestras que participou e ministrou, os concursos que ganhou, algum artigo científico que escreveu, programas de intercâmbio que realizou, disponibilidades de horários, entre outros.


Criar um portfólio com essas informações também é uma tática relevante. Algumas plataformas online disponibilizam espaços para blogs que podem ser um auxílio e tanto para expor seus materiais através de fotos e textos.


E se você achou que não possui bagagem suficiente para produzir um bom currículo e ter chances de trabalhar no emprego dos seus sonhos, nós temos a fórmula mágica que irá te conduzir até o pódio do sucesso!


Acesse nosso artigo sobre plano de carreira e turbine seus conhecimentos! Aproveite para baixar a planilha que desenvolvemos especialmente para te ajudar nesse processo:




Se empolgou com essas dicas e quer turbinar ainda mais seus conhecimentos? Acesse agora mesmo outros artigos disponíveis em nosso portal e se torne um profissional de sucesso!





36 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo