Como incentivar e motivar a equipe no começo do semestre letivo

Atualizado: 3 de jun.



Tão importante quanto iniciar o período letivo com um bom planejamento pedagógico é manter a comunidade escolar motivada e preparada para mais um semestre no trabalho.


Depois de 2 anos de ensino híbrido, é necessário que os gestores tomem algumas atitudes para combater o estresse, resolver possíveis falhas de comunicação e a falta de engajamento com as atividades.


Afinal, uma equipe motivada é fundamental para o bom funcionamento da escola.


Se os seus colaboradores estão infelizes e insatisfeitos com o trabalho, haverá queda da produtividade e os objetivos pré-estabelecidos pela instituição não serão alcançados.


Se somarmos isso aos prejuízos causados pela pandemia, sua escola tem grandes chances de fechar as portas.


Mas isso não precisa acontecer, certo?


Preparamos um conteúdo especial com ótimas estratégias de incentivo e motivação da comunidade escolar para iniciar o semestre com tudo!


Continue a leitura!



A motivação é o primeiro passo


Nada melhor do que trabalhar em um local que te valoriza, ao mesmo tempo que oferece qualidade de vida e bem estar.


Bons líderes sabem que uma gestão poderosa não é feita sozinha, mas também com o apoio de um time que está alinhado com seus propósitos.


Quando a instituição se preocupa com a saúde dos seus colaboradores, todo o ambiente escolar se torna agradável. Isso é bom não somente para a produtividade dos funcionários, mas para a relação do time com os alunos e com os pais.



Compartilhe metas!


Definir as metas para o período letivo é indispensável, e você deve envolver a equipe nesse planejamento. É legal reunir os colaboradores para apresentar suas propostas, sempre de forma transparente.


O que dá sentido a existência da sua escola? Quais são os propósitos?


Regularmente, atualize todos os envolvidos sobre como está o andamento dos propósitos, o quê ou quanto falta para atingir aquilo que foi estipulado. Isso vai estimular a vontade de atingir objetivos e alcançar resultados satisfatórios


E se for necessário trabalhar mais para conquistar algum propósito, eles irão valorizar cada etapa do processo.


Tanto os diretores, pedagogos, e docentes quanto os demais funcionários precisam compartilhar desse sentimento de crescimento.


Explique qual é o seu planejamento estratégico, qual o papel dos colaboradores, como eles podem auxiliar para conquistar essas metas e o que você espera deles nesse processo.



Incentive o reconhecimento interno


Elogios são sempre bem-vindos, embora muitos tenham o costume de priorizar aqueles que vêm dos gestores ou superiores.


Estimular o reconhecimento por parte de outros colegas também é relevante e pode influenciar positivamente tanto na produtividade quanto no bem-estar coletivo.


Atividades em grupos colaboram para a boa convivência e motiva todos os membros da equipe, já que nessas situações, um depende do outro para ter êxito na tarefa em questão.


Além disso, eles também precisam entender que a escola funciona como uma engrenagem em que todas as pessoas têm seu papel e sua contribuição para que ela funcione corretamente.


Todos, à sua maneira e trabalhando em grupo, são responsáveis pelo produto final da instituição, ou seja, pela taxa de matrículas, fidelizações e eficiência do ensino-aprendizagem dos alunos.


Por isso, também é importante evidenciar como o trabalho em equipe é poderoso para a obtenção de bons resultados.



Valorize o esforço do seu time!


Não é interessante dar feedback somente quando ele é negativo. Permita que eles tenham um retorno positivo ao finalizarem suas tarefas.


Uma das formas mais concretas de motivar pessoas é valorizar suas atividades através de reconhecimento particular ou público. Por isso, deixe que esse profissional compartilhe seus resultados com seus colegas.



Você sabe o que é importante para os seus funcionários?


Cada um sabe o que é valioso e o que mais almeja na vida, e você deve lembrar que cada integrante da sua equipe possui seus sonhos e desejos dentro da profissão.


É legal entender todas as motivações particulares e os objetivos dessas pessoas, o que as faz continuar e desejar estar nesse ambiente. Afinal, fazer o que gosta está diretamente relacionado à motivação diária.



Capacitação nas habilidades e interesses


Sabemos que a capacitação é muito relevante na área educacional, ainda mais com tanta novidade chegando no mercado.


Se pensarmos na grande ascensão da tecnologia, por exemplo, podemos dizer que nem todas as pessoas do seu time sabem a importância dessas inovações ou sabem como manuseá-las, e isso pode influenciar na sensação de incapacidade diante das novidades.


Investir na qualificação dos seus funcionários, naquilo que eles acreditam e querem melhorar na sua carreira, é interessante não só para eles como para a sua instituição como um todo, pois desenvolve inúmeras oportunidades de ter diferenciais competitivos.


Além de impulsionar um bom trabalho pedagógico, também vai despertar o desejo de crescer na escola e se tornar um profissional cada vez mais capacitado.



Faça reuniões regulares


Você precisa estar atento a tudo que está acontecendo ao seu redor, assim como todas as pessoas que trabalham com você.


Realizar pequenas reuniões auxiliam no acompanhamento do trabalho, prevenindo e solucionando possíveis contratempos. Nesse ponto, você pode detectar o que está motivando a falta de engajamento e suas causas, facilitando o reparo.


Manter contato frequente é muito importante para a união do seu time, já que nesse momento eles estão livres para compartilhar suas ideias, medos e andamento do planejamento pedagógico.



A importância da escuta ativa


Um gestor que pratica a empatia e a resiliência cria um clima sustentável e flexível, e a motivação da comunidade escolar cresce no momento em que percebem que estão inseridos em um local que se preocupa com a qualidade das atividades e bem-estar de todos.


A escuta ativa se baseia em uma proposta na qual o líder se coloca à disposição para ouvir as sugestões da equipe e os incentiva a compartilhar suas ideias.


Ele não apenas escuta, mas abre caminhos para que essas propostas sejam consideradas como uma possibilidade real, que podem ser inseridas na escola.


Isso ajuda a estabelecer um ambiente de segurança psicológica, na qual as pessoas se sentem confortáveis em discordar, debater e procurar soluções no coletivo.



A diferença entre o improvável e o impossível


Se engajados, sua equipe pode realizar até mesmo o improvável para alcançar as metas da instituição. No entanto, se você exigir o impossível, poderá causar sentimentos de frustração e desmotivação.


Trabalhe com indicadores de acompanhamento dos projetos e produtividade, para que seja possível estabelecer prazos, custos e desenvolvimento de projetos realistas para os docentes e outros funcionários. Com esses dados, fica mais fácil desenvolver soluções criativas e rentáveis.



Endomarketing: o que é e por que é tão necessário praticá-lo?


A estratégia do endomarketing consiste em construir um ambiente prazeroso, que é o sonho de qualquer profissional.


A ideia é que a sua escola se torne referência no mercado não apenas pela ótima qualidade de ensino, mas por ser um local de trabalho que causa desejo de fazer parte desse time. Isso também faz com que a escola seja considerada mais humana e carismática.


Essa função é feita de dentro para fora, ou seja, ele é indispensável para o bom funcionamento da sua instituição, pois apoia diretamente a produtividade de todos.


No momento em que se sentem motivados, a equipe executa suas funções de forma positiva, com atitudes proativas, e garantem bons resultados.


O RH deve estar atento às necessidades de todos os profissionais, contribuindo para a conversão dos problemas em possibilidades de melhora.


Além disso, o Endomarketing também auxilia para a diminuição da rotatividade dos funcionários, uma vez que um local amigável de trabalho proporciona menor taxa de demissão.


Tudo isso faz parte de estratégias que visam manter o envolvimento, a transparência e o compromisso dos colaboradores com os objetivos da instituição. Por isso, se você, gestor, ainda não começou a motivar e incentivar seus colaboradores, agora é a hora de colocar essas ideias em prática!




Gostou desse artigo? Preparamos outros conteúdos que irão ajudar a sua escola a se tornar referência no mercado educacional! Dá uma olhada:








13 visualizações0 comentário