Como garantir que ninguém seja deixado para trás na aprendizagem online



Diante de uma sociedade com imensa diversidade de perfis, sempre iremos nos deparar com salas de aulas possuindo uma grande variação de fatores, sejam eles de características pessoais, interesses prévios ou de diferentes culturas.


Por isso, é dever da escola respeitar as individualidades e os ritmos que possam existir no processo de aprendizagem dos alunos, pois a padronização de um modelo de ensino dificulta a absorção de informações de parte dessa multiplicidade.


Uma vez que o sistema tradicional não é capaz de atender todas as necessidades individuais, a personalização é um caminho para que todos os estudantes, à sua maneira, compreendam e se sintam engajados nas aulas.


Hoje em dia, existem diversas formas de simplificar a adesão de aulas personalizadas, como, por exemplo, o uso de tecnologias educacionais, que auxiliam os alunos em suas particularidades e permitem que a instituição e os pais acompanhem o desenvolvimento das crianças.


Esse método é importante para identificar e trabalhar os pontos que necessitam de maior atenção, principalmente no atual cenário de educação à distância, no qual os estudantes podem ficar ainda mais distantes e dispersos dos métodos de educação.


Se você deseja saber sobre a importância de promover um aprendizado personalizado para garantir que nenhum aluno seja deixado para trás, continue a leitura!



gif


Como a aprendizagem personalizada funciona?


Primeiramente, é válido pensarmos nos desafios de se promover um ensino eficiente. Por exemplo, se imaginarmos uma turma com 20 estudantes, todos eles possuem suas mais diversas características e aprendem em seu próprio ritmo.


Assim, os professores precisam saber trabalhar com 20 interesses, 20 talentos e 20 necessidades diferentes.


Se levarmos em conta a configuração da sala de aula mais comum do Brasil, ainda é difícil oferecer um aprendizado que alinhe todas as particularidades, e em contexto de diversidade, a dificuldade de abranger cada um é enorme.


A aprendizagem personalizada surge como um compilado de estratégias pedagógicas que visam ofertar o desenvolvimento intelectual e social de forma individual, sempre optando por respeitar os limites e as velocidades de cada um, levando em consideração os conhecimentos prévios, as competências e interesses dos estudantes.


Através dessa abordagem e de forma autônoma, o aluno pode escolher o caminho que deseja seguir por intermédio das orientações do seu professor.



Por que aderir à aprendizagem personalizada vai melhorar a qualidade de ensino da sua instituição?


Se refletirmos sobre as premissas desta metodologia, podemos dizer que uma das suas principais funcionalidades é o poder de adaptação dos conteúdos para cada indivíduo, permitindo que qualquer adversidade inicial seja transformada em algo que seja mais compreensível para ele.


Outro aspecto considerável que devemos levar em consideração é o documento de planos das aulas, que opera como o único modelo que abrange a sala como um todo.


Flexibilizá-lo significa fazer com que o estudante foque em assuntos realmente importantes para seu estágio de aprendizagem.


Da mesma forma que existem alunos com dificuldades em absorver os conteúdos, há aqueles que possuem um domínio maior sobre os temas. Então, adaptar o planejamento também auxilia com que eles não percam tempo com aquilo que já dominam e possam avançar mais rapidamente para novos tópicos.


Para aqueles que possuem maiores necessidades, é interessante que a escola ofereça oportunidades para que se desenvolvam em seu próprio ritmo, uma vez que essa batalha, travada na tentativa de se nivelar aos demais sem levar em conta todos os aspectos já citados anteriormente, irá causar perda de interesse por aprender.


Alcançar um movimento que seja ideal para todos não é fácil, e por isso, é necessário oferecer oportunidade de progressão àqueles que aprendem de forma mais prática, da mesma forma que é preciso respeitar o tempo daqueles que necessitam de reforço, para que eles absorvam as informações efetivamente.


Com essa personalização, a eficácia do ensino da escola irá prosperar significativamente, já que ela permite que os estudantes, cada um no seu momento, consumam os conteúdos propostos e, de fato, aprendam sobre eles.


E é exatamente isso que os pais procuram: uma instituição que atenda às necessidades de seu filho e o auxilie, particularmente, a se tornarem profissionais aptos a terem sucesso futuramente no mercado de trabalho.


As consequências disso é, sem dúvidas, a melhoria do desempenho dos alunos, que serão capazes de explorarem seus pontos fortes e reforçarem aqueles que necessitarem de maior assistência.


Ao utilizar um programa de estudos corretamente direcionado às individualidades, as crianças irão conquistar seu próprio espaço de crescimento e estabelecerão hábitos saudáveis de desenvolvimento.



A aprendizagem personalizada na prática


Para implementar essa metodologia, é relevante levar em consideração algumas questões para que ela seja uma proposta bem elaborada no plano de ensino.


Dessa forma, os professores devem estar bem preparados para utilizarem esse modelo, e acima de tudo, entender que o processo de aprendizagem traz consigo diversos fatores que atuam sobre o ensino individual dos estudantes.


Por isso, é interessante pensar em maneiras dinâmicas de avaliar os alunos e suas competências, para encontrar os pontos que devem ser trabalhados com mais cuidado e atenção.


O treinamento e a capacitação dos docentes é uma forma de facilitar o envolvimento deles com essa proposta, afinal, eles serão os responsáveis por inserir essa abordagem nas salas de aula.


É importante alinhar toda a equipe escolar para desempenhar um bom trabalho, de forma que o devido aprendizado dos alunos seja o resultado desse esforço.


É legal lembrar que a crescente mudança no campo educacional requer maior atenção às inovações e às novas metodologias abordadas em sala de aula, para que a sua instituição sempre possa oferecer o melhor serviço educacional possível.


Nosso artigo “Capacite sua equipe e melhore seus resultados” explica, passo a passo, como qualificar os colaboradores para que todos estejam em sintonia e preparados para proporcionar a melhor experiência profissional. Clique na imagem abaixo e confira!





Tecnologia na educação: como a inovação pode ajudar a ofertar um ensino personalizado?


O universo educacional vem enfrentando crescentes mudanças após a necessidade do ensino à distância. Uma vez que as aulas presenciais precisam ser pausadas, as instituições passaram a adquirir novas metodologias a fim de auxiliar os professores nesse processo.


Entendemos que há uma vasta relutância na utilização desses recursos e certa resistência em aceitar que não há futuro no qual a tecnologia não esteja presente.


No entanto, é válido começarmos a pensar em aderir a essas ferramentas pois elas serão grandes aliados na proposta de um ensino de qualidade.


E pensando no processo de educação, as inovações tecnológicas já são um dos principais métodos de oferta de um ensino personalizado competente.


Os ambientes virtuais, sejam eles em jogos ou plataformas educacionais, proporcionam atividades que, além de engajar os alunos, aceleram os estudos e permitem que eles se concentrem em temáticas nas quais apresentam mais dificuldades de compreensão.


Podemos considerar que a tecnologia, atrelada às aulas híbridas e a personalização das aulas, são fundamentais para aplicar essas proposta individuais dos conteúdos.


A gamificação, por exemplo, permite que o estudante busque pelo conhecimento de seu interesse que, ao mesmo tempo, faz parte do plano pedagógico proposto pela escola. A ferramenta permite que ele desenvolva de forma autônoma seu próprio processo de ensino-aprendizagem.


gif

Isso é muito importante não somente pelo grande poder de fixação dos conteúdos, mas também por desafogar o professor e atuar como um ombro amigo no momento das ofertas das aulas.


Hoje em dia, já existem formas de fazer com que os alunos aprendam por meio de jogos com plataformas totalmente baseadas nas novas abordagens da BNCC, ou seja, através de materiais que ao mesmo tempo que prendem sua atenção, ainda transformam a aprendizagem em um momento de descontração e diversão.


Ao desafiar as capacidades intelectuais das crianças, a escola compreende exatamente o ponto que deve ser mais trabalhado, ou aquele assunto no qual o indivíduo possui maior domínio.


Isso tudo com total controle dos professores e dos pais, que podem acompanhar de perto o aprendizado e ainda estabelecer um tempo limite de navegação nos aparelhos digitais.


Além disso, também é possível criar atividades avaliativas dentro da plataforma e personalizá-las de acordo com as preferências da escola.


Atualmente, a inserção de tecnologia nas estratégias da gestão não beneficia apenas os alunos, mas a instituição como um todo, pois é um diferencial significativo no momento de captação e fidelização de matrículas em época de campanha.


Respeitar as diferenças e particularidades dos estudantes é uma forma de efetivar seu modelo de ensino e garantir que todos eles possam adquirir o conhecimento necessário para cada faixa etária, e personalizar a educação é mais simples do que você pode imaginar.


Assim, é necessário que a escola dê assistência individual e pense nas melhores formas de auxiliar no processo de ensino-aprendizagem das crianças.



Gostou do artigo? Preparamos outros conteúdos especialmente para você, que deseja crescer na profissão e fazer um trabalho poderoso na sua instituição! Confira agora mesmo!




18 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo